Linha OL Xpress 707 919 919

A ONU vai abrir concursos para contratos de transportes e logística no valor total de mil milhões de dólares (929,5 milhões de euros).

2015-11-26
“A ONU está a reformular a forma como trabalha e reviu as suas cláusulas contratuais, listas de fornecedores e processos concursais. Queremos ter novos operadores em lista para serem nossos parceiros na carga. E estamos a tentar ficar muito mais próximos dessa indústria”, explica o responsável pela logística e transportes, Soomi Ro.

Apesar dos enormes desafios logísticos com que se depara, a ONU tem apenas 25 transitários na lista de fornecedores. “Há muito espaço para que mais empresas façam negócios connosco”, acrescenta o responsável pela divisão de compras da ONU, Chris Hutton.

“Apenas cerca de 40 companhias fornecem-nos a totalidade dos serviços de aviação, pelo que estamos desesperadamente à procura de ter mais concorrência”, disse.

As empresas interessadas em concorrerem à prestação de serviços de transporte e logística à ONU podem fazê-lo aqui. Há três níveis disponíveis. O nível básico, para contratos até 40 mil dólares (37 180 euros), o intermédio para contratos até 500 mil dólares (464,8 mil euros) e o terceiro para contratos com valor superior a esta última fasquia. Naturalmente, o grau de informação solicitada sobe consoante o valor.

Em 2014, o orçamento total do secretariado da ONU foi de três mil milhões de dólares (2788 milhões de euros), dos quais 750 milhões (697,1 milhões de euros) para aviação e 170 milhões (158 milhões de euros) em serviços transitários. Os gastos totais da ONU em transportes, armazenamento e correios ascenderam a 2,46 mil milhões de dólares (2,29 mil milhões de euros).


In Transportes e Negocio - http://www.transportesenegocios.pt/2015/11/16/onu-quer-mais-fornecedores-de-transportes-e-logistica/