Linha OL Xpress 707 919 919

Coca-Cola investe em sistema da Zetes

2015-11-26
Para adequar o processo de carregamento aos acelerados processos de armazém, a Zetes concebeu um novo sistema de leitura para os empilhadores da Coca-Cola, em Dongen.

A Zetes adaptou também o design dos acessórios dos empilhadores em conjunto com a Durwen. Desde então, a Coca-Cola reduziu o tempo de carregamento seis minutos por carrinha, melhorando simultaneamente a segurança e reduzindo o número de erros.

A fábrica de produção da Coca-Cola na Holanda (Dongen) abastece os centros de distribuição de grandes cadeias de supermercados, empresas de venda a retalho e catering em várias regiões do país. A empresa funciona seis dias em sete, 24 horas por dia, com equipas de 20 funcionários. Durante cada turno, carregam-se em média 50 a 80 carrinhas, consoante as condições meteorológicas, sendo que quando está calor, carregam-se mais carrinhas porque há maior procura de bebidas frescas.

No ponto de expedição, a Coca-Cola teve de superar um desafio crucial relativamente à velocidade e segurança. As paletes com bebidas são embaladas e etiquetadas com um código de barras num tapete transportador. 16 empilhadores circulam continuamente para recolher as paletes e para as carregarem na carrinha correta. Os empilhadores eram capazes de carregar até três paletes, mas apenas procediam à leitura de duas delas. Se fosse recolhida uma terceira palete, o condutor tinha de sair do empilhador e proceder à leitura manualmente com o leitor portátil. Uma vez que essa situação causava a perda de tempo e originava situações perigosas, o processo de leitura automática exigia uma nova solução.

A Coca-Cola procurou novos empilhadores capazes de carregar mais paletes e proceder à sua leitura automática.

A Zetes desenvolveu um sistema de leitura para os novos empilhadores Motrac e também adaptou o design dos acessórios dos empilhadores. Com o novo sistema, um tipo de empilhador pode carregar uma europalete, uma palete americana, duas europaletes, duas paletes americanas, três europaletes ou 12 carros. A Zetes equipou cada empilhador com três leitores amovíveis muito robustos e sensores à frente. Os leitores foram protegidos com uma tampa de aço inoxidável.

Verificou-se que os leitores são capazes de ler as etiquetas nas paletes directamente ao aproximarem-se, uma vez que devido à facilidade de movimentação dos leitores, podem ler na horizontal e na vertical. O condutor do empilhador recebe depois uma mensagem com o número da carrinha na qual as paletes devem ser carregadas. Todos os dados são automaticamente encaminhados para o sistema SAP da Coca-Cola utilizando a aplicação desenvolvida pela Zetes. A simplicidade da aplicação baseia-se na sua capacidade de transportar e detectar até três paletes, utilizando depois os leitores necessários para transportar as paletes para as carrinhas sem qualquer problema.


In Logistica Moderna - http://www.logisticamoderna.com/noticias/1096-coca-cola-investe-em-sistema-da-zetes